Artigos

Covid-19: Ministra da Educação diz que Governo pondera reconfigurar o ano lectivo

O Governo poderá reconfigurar o ano lectivo actual e o próximo e está a analisar qual será o melhor cenário para o retorno das aulas, revelou hoje a ministra da Educação e da Inclusão Social, Maritza Rosabal.

A governante, que falava na manhã de hoje durante uma conferência de imprensa para anunciar as medidas para o sector informal e as pessoas vulneráveis, perante a pandemia do novo coronavírus, assegurou que o Governo está a trabalhar na reconfiguração do ano lectivo 2019/2020 e, provavelmente, no do próximo ano lectivo.

“Temos vários cenários em pauta, podemos retomar as aulas no fim desta contingência, podemos adiantar o fim do ano lectivo para evitar a propagação do vírus e iniciar as aulas do próximo ano lectivo mais cedo”, assegurou.

Segundo a ministra, todas essas possibilidades terão de garantir os resultados das avaliações dos alunos, sobretudo os estudantes do 12º ano de escolaridade que se candidatam até 31 de Maio ao sistema de vagas e de bolsas de estudo.

Maritza Rosabal disse que neste momento existe um plano, mas que irá oscilar em função da situação actual do novo coronavírus.

O Governo anunciou na quarta-feira, 18, a antecipação das férias escolares da Páscoa para o dia 23 de Março, como forma de evitar a entrada e propagação do novo coronavírus no país.

As aulas serão retomadas a 13 de Abril, “sem prejuízo” de a decisão poder “ser prorrogada ou não, conforme evolução do Covid-19″.

Cabo Verde já contabilizou até o momento cinco casos positivos do novo coronavírus, sendo três na ilha da Boa Vista e dois na cidade da Praia.

Entre os três casos positivos na ilha da Boa Vista, um resultou em óbito, um cidadão inglês de 62 anos.

SAPO/Inforpress

27/03/2020