Artigos

Material escolar extraviado no Bié é comercializado no Huambo

Diverso material escolar, que devia ser distribuído gratuitamente aos alunos do ensino primário da província do Bié, foi extraviado da cidade do Cuito e está a ser comercializado no mercado paralelo da Quissala, na província do Huambo.


A informação foi avançada hoje, quarta-feira, à Angop, pelo director provincial da Educação do Bié, Basílio Caetano, tendo lembrado que, recentemente, o armazém onde é guardado o material escolar foi assaltado e os meliantes roubaram mochilas, batas, cadernos, esferográficas, lápis e manuais diversos, que estão a ser vendidos num mercado paralelo do Huambo.

Segundo o responsável, foi fácil identificar o material extraviado, por estar timbrado com a insígnia do sector da Educação do Bié.

Sem avançar o volume do material roubado, o responsável apontou um dos elementos da equipa de protecção física do armazém como presumível implicado no assalto.

Fez saber que o eventual ladrão já foi detido pela Polícia Nacional para ser levado aos órgãos de justiça.

Desencorajou os funcionários do sector a evitarem práticas de desvio de material escolar, sob pena de serem responsabilizados criminalmente.

Angop|08-02-2018